Capacitação em Medição Não Funcional - SNAP

 

MOTIVAÇÃO

 

A Análise de Pontos de Função (APF) do IFPUG usa como referência a Visão do Usuário ainda que possa ser usada em outras perspectivas e considera como usuários principalmente:

  • As pessoas que desempenham papeis no negócio e que para cumprir com suas responsabilidades devem também trocar dados com a aplicação sendo medida; e
  • Outras aplicações com as quais troca dados.

O método de medição do tamanho funcional do IFPUG, de maneira simples e consistente, permite medir os requisitos funcionais do usuário nessa perspectiva e viabiliza uma série de benefícios reconhecidos. Contudo, carece de solução para:

  • Abordar manutenções que não incluem, alteram ou excluem requisitos funcionais ou regras de negócio nessa perspectiva;
  • Como abordar manutenções cujo objetivo é melhorar o desempenho, a usabilidade ou facilidade de manutenção no software.

O problema não se resume à manutenção. Muitas aplicações da APF tem objetivos mais próximos ao microgerenciamento e não podem contar com a lógica da compensação que viabiliza o uso da APF em níveis táticos e estratégicos e nos quais as perdas em demandas com baixa produtividade anulam os ganhos em demandas com alta produtividade em relação à produtividade alvo.

 

Então, fica a necessidade de ponderar pontualmente funcionalidades cujo trabalho associado à sua execução não esteja adequadamente refletido na complexidade como definida nas tabelas de complexidade da APF. Na comunidade do IFPUG, fatores como os relacionados a seguir são considerados "requisitos não funcionais" por não serem adequadamente representados na medição padrão que mede os "requisitos funcionais", por exemplo:

  • Validações de entrada de dados;
  • Operações lógicas e matemáticas;
  • Formatação de dados;
  • Movimentos internos de dados;
  • Entrega de valor para o usuário por meio de configuração de dados.

Dai surge o SNAP - Software Non-Functional Assessment Process (Processo de Avaliação não Funcional de Software) visando a partir da avaliação de requisitos não funcionais identificar itens de projeto afetados e, com base nas regras do APM - Assessment Practices Manual (Manual de Práticas de Avaliação) atualmente em sua versão 2.1, os medir em SNAP Points.

 

OBJETIVO

 

O objetivo deste curso é permitir ao participante ter o conhecimento sobre o modelo de avaliação de tamanho não-funcional do software proposto pelo IFPUG para, em conjunto com o tamanho funcional, alcançar maiores níveis de sucesso no planejamento e monitoramento do desempenho na produção de software e suas variáveis como de prazos, escopo e custos.

 

O objetivo do IFPUG com o SNAP (Software Non-functional Assessment Process) é que ele possa ser usado conjuntamente com o tamanho funcional e ajudar a explicar a variância no esforço de desenvolvimento e produtividade; e ser usado como entrada para modelos de estimativa. As medições utilizando o SNAP são feitas numa perspectiva não funcional, mas entendidas e acordadas entre clientes e fornecedores. Ele visa proporcionar:

  • Medição do tamanho não-funcional do software que o usuário solicita e recebe;
  • Medição do desenvolvimento e manutenção de software baseado em requisitos não-funcionais, como por exemplo a tecnologia utilizada para implementação;
  • Ser usado em conjunto com pontos de função para proporcionar uma melhor previsibilidade sobre a entrega de projetos e manutenção, apoiar na estimativa de projetos e avaliar melhor o desempenho em termos de produtividade e qualidade.

Ao contrário das iniciativas que estabelecem uma hierarquia de tipos de requisitos de qualidade (ISO/IEC 25010:2011), cujo propósito é próximo a um check-list para elaboração e verificação de requisitos, o SNAP se propõe a estar próximo da definição de Requisito Não Funcional presente na iniciativa da ISO/IEC para padronização de vocabulário (ISO/IEC 24765) e que leva a avaliação do projeto:

 

Um requisito de software que descreve não o que o software fará, mas como o software fará.

 

O QUE JÁ PUBLICAMOS SOBRE O ASSUNTO

 

 

    

Conteúdo

 

  • Visão geral do Modelo SNAP
    • Introdução e Definição do SNAP
    • Como o SNAP funciona
  • Tipos de Requisitos - Diferenciando Requisitos funcionais x requisitos não-funcionais
  • Relacionamento entre SNAP e características não-funcionais
  • O Processo de Avaliação do SNAP
    • Entradas
    • Saídas
    • Categorias e Subcategorias
  • Orientações de contagem de SNAP Points
  • Medição de SNAP Points para diferentes tipos de projetos
  • Adotando SNAP na Organização
  • Estudos de Caso e Exercícios

 

Resultados esperados

 

RESULTADOS ESPERADOS

 

Ao final do curso, o participante será capaz de:

  • Medir o tamanho não-funcional do software que o usuário solicita e recebe;
  • Medir o desenvolvimento e manutenção de software baseado em requisitos não-funcionais, como por exemplo a tecnologia utilizada para implementação;
  • Em conjunto com pontos de função proporcionar uma melhor previsibilidade sobre a entrega de projetos e manutenção, apoiar na estimativa de projetos e avaliar melhor o desempenho em termos de produtividade e qualidade.

 

PÚBLICO ALVO

 

Profissionais envolvidos na especificação, desenvolvimento, implantação, garantia da qualidade e contratação de software.

 

PRÉ-REQUISITOS 

 

Vivência em projetos de software e conhecimento sobre a análise de pontos de função ou participação nos cursos Análise de Pontos de Função: Fundamentos, Aplicações e Implantação ou Capacitação em Análise de Pontos de Função.

  

Plano de Trabalho

 

PLANO DE TRABALHO

 

O curso segue uma abordagem interativa, onde o participante não é apenas espectador dos assuntos apresentados. Ao final de cada sessão teórica são realizados exercícios. Quase metade da carga horária do curso é dedicada à realização de estudos de caso didaticamente projetados (além dos exercícios de fixação) onde o participante tem a oportunidade de aplicar a teoria aprendida em casos similares a situações reais.

 

VERSÃO

 

O curso é baseado na última versão (2.1) do Software Non-Functional Assessment Process (SNAP) Assessment Practices Manual do IFPUG.

 

CARGA HORÁRIA

  

16 horas. Este curso dá direito a um crédito de 16 PDUs do programa de certificação PMP

 

MATERIAL DIDÁTICO

  

Apostila com material de referência em português, cópia dos slides, exercícios de fixação e estudo de casos; gabarito dos exercícios e certificado de participação entregues em arquivos no formato PDF.

 

 

Pagamento

 

 


Além das facilidades oferecidas pelo Pagseguro, há também as opções de depósito bancário, DOC, TED e nota de empenho (para inscrições de servidores públicos).

 

 

CONDIÇÕES ESPECIAIS (PAGAMENTO ANTECIPADO EM TURMAS ABERTAS PROMOVIDAS EXCLUSIVAMENTE PELA FATTO) 

 

a) Desconto de 5% para inscrição de grupos de 3 ou mais participantes.

b) Bolsa com desconto de 50% sobre o valor integral da inscrição. Limite de dois bolsistas por turma, condicionada à disponibilidade de vagas na turma, e vinculada à realização de uma atividade a ser combinada (ex.: pesquisas, tradução de textos técnicos, etc).

 

c) Desconto de 10% (não cumulativo com outros descontos) para instituições conveniadas com a FATTO e seus parceiros.

 

Veja as Empresas Conveniadas com a FATTO

PROMOÇÃO EXCLUSIVA PARA EX-ALUNOS:


d) Desconto de 80% (não cumulativo com outros descontos) no valor da inscrição para os ex-alunos (de turmas abertas ou in-company) deste curso. É uma oportunidade extremamente vantajosa de reciclagem de conhecimento, pois periodicamente a FATTO promove a melhoria contínua dos seus treinamentos.

 

e) Desconto de 5% no valor da inscrição para os ex-alunos (de turmas abertas ou in-company) de qualquer outro curso da FATTO. 

Esta promoção é válida somente para as turmas abertas promovidas exclusivamente pela FATTO.

 

Pré-inscrição Gratuita

 

Faça sua pré-inscrição gratuita, e receba informação sobre promoções, datas e preços deste curso. 

 

 

  Por favor, preencha e envie o formulário abaixo.  Os campos com * são obrigatórios.

 

 

Nome Completo: *

Email: *
CPF *:
Data de Nascimento *:
Sexo: *
Empresa/Instituição: *
Cargo:
Telefone: *
Endereço: *
Cidade: *
Estado (sigla UF): *
CEP: *
País: *
Cursos: *
Local do Curso:
Dados para Pagamento

 

FATTO Consultoria e Sistemas CNPJ: 02.434.797/0001-60

Dados bancários:

- Banco do Brasil (001), agência 3480-0, cc 22946-6

- Banco Bradesco (237), agência 485-5, cc 148999-2

 

 

 

 

  

   

INSTRUTOR

   

Carlos Eduardo Vazquez Mais de 25 anos de experiência em desenvolvimento, manutenção e gerenciamento de software, acredita que engenharia de requisitos e as tecnologias de medição de software são ferramentas-chave para alcançar os objetivos de negócios através da tecnologia.

Usuário de análise de pontos de função desde 1991, instrutor desde 1993, certificado especialista em pontos de função (CFPS) pelo IFPUG desde 1996 e pelo COSMIC desde 2012. Em ambas as certificações, foi um dos primeiros brasileiros a obtê-las. Em 2001, foi coautor do livro APF: Medição, Estimativas e Gerenciamento de Projetos de Software, atualmente em sua 13ª edição, com mais de 13.000 exemplares vendidos e o principal livro de referência sobre o assunto no Brasil. Em 2016, foi coautor do livro "Engenharia de Requisitos: Software Orientado ao Negócio" e tornou-se um profissional certificado em engenharia de requisitos pelo IREB.
Primariamente, é um profissional orientado a negócios e resultados pragmáticos, mas com experiência acadêmica devido ao cargo de professor substituto na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) em 1998. Iniciou sua carreira como consultor de TI da Unisys, na época um dos principais players no mercado de TI corporativo brasileiro. Fundador da FATTO Consultoria e Sistemas e atuado nas principais empresas dos ramos bancário, petróleo, comunicações, transporte, logística e seguros, assim como na administração pública. coordena pesquisa e desenvolvimento de conteúdo para serviços educacionais e de consultoria. Ele também é consultor de gerenciamento de TI e é encarregado de uma equipe de especialistas em métricas de software e engenharia de requisitos. 

 

DATA E HORÁRIO

 

Dias: À definir

De:  À definir

Carga horária: À definir

Local: À definir

 

INVESTIMENTO POR PARTICIPANTE

 

R$ 999,00  (parcelamento disponível somente no cartão de crédito conforme juros e prazo da administradora do cartão).

 

               

* O pagamento disponível nesta página é apenas para inscrição sem desconto, para inscrições que se enquadram nas condições de desconto favor solicitar a inscrição via e-mail conforme abaixo para orientação de como efetuar o pagamento com desconto.

 

OUTRAS INFORMAÇÕES

 

FATTO Consultoria e Sistemas
CNPJ: 02.434.797/0001-60
Dados bancários:
- Banco do Brasil (001), agência 0021-3, cc 22946-6
- Banco Bradesco (237), agência 0485-5, cc 148999-2
E-mail de contato: curso@fattocs.com.br

.

 

.