O nível de granularidade é a maior ou menor extensão na descrição do comportamento esperado do software em uma especificação funcional. Ele define o quão específico ou o quão geral é a descrição da funcionalidade do software. Diferentes estágios da evolução de uma feature do software exigem diferentes níveis de granularidade na descrição dos requisitos funcionais: Em momentos iniciais de seu ciclo de vida, uma visão ampla do escopo é necessária; enquanto em momentos posteriores, uma visão mais aprofundada. Este artigo apresenta uma discussão introdutória sobre três níveis de granularidade de acordo com seus objetivos serem classificados como resumo, usuário ou sub-função.

Publicação

IREB – Requirements Engineering Magazine

Data

Fev/2017

Autor

Carlos Eduardo Vazquez; Guilherme Siqueira Simões

Quero obter acesso ao artigo

    Por que é importante

    Apresentar as aplicações de determinar o nível de granularidade ao avaliar se determinado requisito está pronto para encaminhar ao seu projeto e implementação ou se há questões em aberto, que devem ser resolvidas antes de promover aquele requisito para o próximo estágio.

    Quando se aplica

    A aplicabilidade inclui o refinar as necessidades de negócio em requisitos funcionais, verificar a análise de requisitos em busca de lacunas de informação relevantes, em tempo hábil e de uma forma simples.